You are currently viewing Assembleia discutirá atividade mineradora em Fechos

Assembleia discutirá atividade mineradora em Fechos

Deputado Estadual Fred Costa pede duas novas Audiências Públicas: a primeira quer discutir o projeto de lei, de sua autoria, que pretende ampliar a Estação Ecológica; em outra o parlamentar requer novamente que seja discutida a atividade mineradora.

A fim de proteger a Sítio Estação Ecológica de Fechos (EEF), localizado em Nova Lima, na encosta nordeste da Serra da Moeda, que é o habitat de várias espécies em extinção, o deputado estadual Fred Costa (PEN) requisitou, no último dia 19 de outubro, a realização de duas audiências públicas na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Na primeira, deverá ser discutido sobre projeto de lei, de autoria do próprio parlamentar, que pretende ampliar a Estação Ecológica de Fechos em quase 270 hectares. Na segunda, o parlamentar requer novamente que seja discutida a atividade mineradora na região. Uma audiência já havia sido realizada em junho, a pedido do próprio Fred Costa, em que foi debatido os danos ambientais causados tanto pela falta de fiscalização dos órgão competentes, como pelas mineradoras.

A Estação Ecológica de Fechos corre sério risco de preservação diante de uma possível autorização para exploração de mineradoras. A região se localiza em uma área de transição dos biomas do cerrado com a Mata Atlântica, o que propicia uma fauna rica e diversificada.

O deputado Fred Costa e os ambientalistas alegam que a cabeceira do córrego Fechos encontra-se em meio à vegetação florestal e campo ferruginoso, nas altitudes mais elevadas da região e a Estação Fechos abriga espécies raras e em extinção, como o primata sauá, o lobo-guará, o surucuá, o porco-cateto, e o inhambu. “Além das ameaças minerarias a Estação Ecológica de Fechos apresenta sérios conflitos causados por atividades antrópicas como trânsito de veículos off-road, a extração predatória de plantas e manejo inadequado da vegetação”, ressalta Fred Costa.

O deputado tem o apoio das associações dos condomínios de Nova Lima, Brumadinho e do entorno, todos preocupados com os impactos ambientais que poderão vir a sofrer. Representantes de moradores do entorno da Estação Ecológica de Fechos estiveram presentes na última audiência pública, e serão novamente convidados a participar. “Precisamos conhecer os possíveis riscos de dano ambiental grave a toda a região, no caso de novo licenciamento para a mineração na área do Córrego Tamanduá. Precisamos discutir essa questão com todos os interessados, principalmente com a comunidade local”, disse o deputado estadual Fred Costa (PEN).

Moradores denunciam degradação

Ambientalistas denunciam danos ambientais como a grande quantidade de lixo. Foto: divulgação/Flávio do Carmo

Uma série de ameaças que estariam colocando em risco a preservação da Estação Ecológica de Fechos, localizada em Nova Lima, foram denunciadas por representantes de moradores da região, em audiência pública realizada por Fred Costa, na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, no dia 12 de junho.

Poluição e contaminação das águas, crescimento urbano desenfreado e a expansão de atividades mineradoras foram alguns dos problemas relatados pelos presentes, que também cobraram ações de fiscalização por parte das autoridades responsáveis.

O deputado Fred Costa mostrou-se preocupado com os impactos ambientais e sociais que uma possível expansão mineradora causaria à região, em especial a falta de distribuição de água para os moradores de bairros vizinhos. “Precisamos conhecer os possíveis riscos de dano ambiental grave a toda a região, no caso de novo licenciamento para a mineração na área do Córrego Tamanduá. Precisamos discutir essa questão com todos os interessados, principalmente com a comunidade local”, disse o parlamentar.

 

Fonte: Jornal do Belvedere